logo-abii-site

55 (47) 3305-0732

contato@abii.com.br

Blog da ABii

Gestão da mudança é fundamental para o sucesso da transformação digital

Tempo de Leitura: 4 minutos

A transformação digital se apresenta como um processo indispensável para o desenvolvimento e crescimento das organizações. Sem ela, estas, sem dúvida, ficarão para trás diante da concorrência e poderão colocar em risco o alcance dos seus objetivos.

Nesse sentido, vale mencionar uma matéria produzida pela Forbes com base em dados do Índice de Transformação Digital da Dell Technologies 2020 (DT Index 2020). O conteúdo revelou que cerca de 87,5% das empresas brasileiras adotaram em 2020 alguma iniciativa em direção à transformação digital.

No entanto, a transformação digital é um processo que exige gestão de mudança centrada nas pessoas. Afinal, a empresa, ao adotar essa solução, passa por uma revolução e isso requer dela uma gestão de mudança para que essa alteração de realidade seja efetiva. Ficou interessado em saber mais? Leia o conteúdo a seguir!

As informações apresentadas neste conteúdo tomam como referência principal a participação de Luciana Lutaif, Líder da Prática de Talentos e Organizações da Accenture, em um evento chamado ABII Tech Hour, voltado exclusivamente para associados da ABII (Associação Brasileira de Internet Industrial)Ela também foi uma das convidadas da live organizada pelo GT Pessoas “Gestão da mudança impulsionando a transformação”.

A maioria das transformações nas empresas não atinge seus objetivos

Muitos gestores acreditam que adotar a transformação digital na empresa é, por si só, uma ação que dispensa outras atitudes. Todavia, trata-se de um caminho que exige muito mais da liderança da empresa para que dê certo.

Diante desse contexto, vale apontar uma pesquisa do Gartner, citada por Luciana Lutaif, que revelou que a maioria das transformações adotadas pelas empresas não consegue alcançar seus objetivos. O estudo demonstrou que apenas 16% das empresas conseguem obter sucesso ao inovar nesse sentido. Já 50% fracassam e 34% alcançam resultados parciais.

Esses dados revelam que a mudança é um ato que necessita de gerenciamento. Afinal, a transformação digital é um processo de mudança da estrutura da empresa, que precisa de gestão tanto da liderança quanto das pessoas que fazem parte das equipes.

Por que a transformação digital fracassa? Conheça 4 razões

Diante do que foi apresentado no tópico anterior, talvez tenha ficado a dúvida sobre por que a transformação digital fracassa ou quais são as razões que fazem com que a empresa, infelizmente, venha a vivenciar isso.

Então, para entender o fracasso de muitas organizações no que diz respeito a esse ponto, é preciso primeiro partir do pressuposto de que as tecnologias mudam rapidamente, no entanto, as pessoas não.

E são elas, as pessoas, que gerenciam as empresas e adotam ou não as tecnologias propostas. É preciso entender isso para que se possa fazer uma gestão efetiva das mudanças centrada nas pessoas. Em síntese, o poder de gerenciar as mudanças cabe inteiramente às pessoas.

Dito isso, podemos apresentar algumas razões que explicam o fracasso da transformação digital em empresas:

1. Sensação de perda de poder ou controle pelas pessoas

A transformação, genericamente falando, é percebida por muitas pessoas como uma ameaça ao seu status quo ou realidade atual. Diante disso, elas desenvolvem a sensação de perda de poder ou de controle, o que faz com que criem uma resistência à mudança, como a transformação digital.

Muitas vezes ocorre ainda o medo da perda do emprego em função da nova tecnologia ou processo adotado pela empresa.

2. Não conhecimento dos benefícios da transformação

Outro dos obstáculos para a efetivação da transformação digital é a falta de conhecimento por parte da liderança em relação aos benefícios que a mudança pode proporcionar. Alguns exemplos que podemos destacar são aumento da eficiência, produtividade e melhoria no processo de tomada de decisão.

A lógica para que isso ocorra é simples: como apoiar a transformação de algo ou de uma estrutura se não se conhece os benefícios que essa mudança pode gerar?

3. Resistência cultural ou no aprendizado de novos hábitos

Outra razão que justifica o fracasso da transformação digital nas empresas é a resistência cultural. As pessoas e as lideranças, de uma forma geral, desenvolvem hábitos ou comportamentos ao longo do tempo que colidem com as práticas exigidas no processo de transformação digital. Isso faz com que a efetivação desse processo aconteça tardiamente.

Um exemplo que podemos destacar é a dificuldade de uso das novas tecnologias, como responder ou interagir com o cliente pelo WhatsApp. Muitas pessoas ainda preferem fazer isso ao modo relativamente antigo, que é ligando para o cliente via telefone. É uma prática que pode trazer mais custos para uma empresa, por exemplo.

4. Insegurança em relação à competência profissional

Quando não se trata da resistência em aprender novos hábitos, o que se percebe como mais um desafio à efetivação da transformação digital é a insegurança das pessoas e liderança em gerir e usar as novas tecnologias.

Por se tratar de um novo “mundo”, muitas delas encontram dificuldade no uso das tecnologias digitais, colocando em risco o alcance dos resultados esperados pela empresa com a adoção da transformação digital. Aqui é fundamental que a empresa capacite os profissionais  para o uso de novas tecnologias e processos.

O que fazer para efetivar a transformação digital em sua empresa?

Não há outro caminho que não seja adotar a gestão das mudanças como uma atitude capaz de impulsionar a transformação digital em sua empresa.

Nessa mesma linha de pensamento, Luciana Lutaif destacou em sua apresentação na ABII Tech Hour que uma gestão eficaz de mudança é capaz de estimular as pessoas e a liderança, de forma a fazer com que a transformação digital ocorra efetivamente. Ela pontua que essa estratégia pode ajudar uma empresa a:

  • Engajar a liderança no sentido de transformar digitalmente a empresa;
  • Compreender os obstáculos à transformação digital, como as dificuldades sentidas pelas pessoas que fazem parte da organização;
  • Preparar os colaboradores para as mudanças;
  • Trabalhar no sentido de fazer com que os colaboradores adotem comportamentos esperados.

A gestão de mudança pode ajudar a promover a mudança em sua empresa, uma vez que ela gera aceitação, entendimento e comprometimento em seus colaboradores. Tudo isso a partir do uso de instrumentos criativos, como comunicação (vídeo, lives, imagens etc.) e gamificação, entre outros.

Em conclusão, para que a transformação digital ocorra efetivamente na empresa, faz-se fundamental adotar a gestão de mudança. São ações que necessitam trabalhar juntas para que obtenham sucesso.

Você gostou deste conteúdo? Então, faça parte da ABII e fique por dentro de outros conteúdos sobre o incrível universo da tecnologia.

Confira live sobre gestão da mudança

Sobre a ABII

ABII – Associação Brasileira de Internet Industrial, fundada em agosto de 2016, atua com o objetivo de promover o crescimento e o fortalecimento da internet industrial das coisas e da indústria 4.0 (IIoT & I4.0) no Brasil. Fomenta o debate entre setores privado, público e acadêmico, a colaboração, a geração de conhecimento e o intercâmbio tecnológico e de negócios com associações, empresas e instituições internacionais.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin